Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ideologia de Género [Sexo]

A Ideologia de Género [SEXO] desintegra a família para parir um ser solitário e sem raízes: o consumidor e súbdito perfeito.

Ideologia de Género [Sexo]

A Ideologia de Género [SEXO] desintegra a família para parir um ser solitário e sem raízes: o consumidor e súbdito perfeito.

19.Jul.19

A SOLUÇÃO EGÍPCIA PARA A CONFERÊNCIA DO CAIRO

Maria Helena
  Agora que Reagan e os republicanos estavam fora do poder e o Presidente Clinton se havia comprometido com a sua causa, a IPPF [International Planned Parenthood Federation] acreditou que este seria o seu momento de triunfo. Cento e vinte e oito dos seus empregados haviam sido incluídos nas delegações nacionais. Vinte e dois membros da Planned Parenthood, incluindo o seu presidente, foram indicados para a delegação dos Estados Unidos. O presidente do principal comité era o Dr. Fred (...)
11.Jul.19

A CONFERÊNCIA DO CAIRO (1994)

Maria Helena
    A Conferência sobre População, no Cairo, iniciou-se na primeira semana de Setembro de 1994. A leitura do rascunho da Plataforma para a Conferência, os materiais distribuídos pelos grupos de controlo populacional no fórum e a escuta das apresentações fariam qualquer um acreditar que tudo o que é necessário para eliminar a pobreza, empoderar as mulheres e salvar o mundo do desastre iminente seria a livre contracepção, o aborto legal e a educação sexual para doutrinar (...)
11.Jul.19

ENTENDENDO O PROCESSO

Maria Helena
  Durante os últimos vinte anos, as conferências internacionais tornaram-se parte principal das actividades das Nações Unidas. Nafis Sadik, a Secretária Geral da Conferência do Cairo sobre População, declarou que as conferências hoje representam 70% do trabalho da ONU. Desde 1974, a ONU patrocinou quatro conferências sobre as mulheres: a da Cidade do México, em 1975, a de Copenhaga, em 1980, a de Nairobi, em 1985, a de Pequim, em 1995. Patrocinou três conferências sobre (...)
11.Jul.19

INCORPORANDO A PERSPECTIVA DE GÉNERO

Maria Helena
    Poucos meses depois de voltar da Conferência de Pequim, uma mulher aproximou-se de mim numa reunião social e disse-me: “Deve ter sido muito emocionante. Eu li tudo sobre o assunto”. Quando eu lhe expliquei um pouco sobre o que havia acontecido, ela ficou estarrecida. “Eu nunca ouvi nada disso na imprensa”. Ela estava certa. Apesar das conferências da ONU atraírem considerável atenção da media, os principais meios parecem determinados em evitar a verdadeira história e (...)
10.Jul.19

FEMINISMO E GÉNERO

Maria Helena
  Sem alarde ou debate, a palavra ‘sexo’ foi substituída pela palavra ‘género’. Nós costumávamos falar de ‘discriminação de sexo’, mas agora é ‘discriminação de género’. Com certeza parece bastante inocente. ‘Sexo’ possui um significado secundário, subentendendo relação sexual ou actividade sexual. ‘Género’ parece mais delicado e refinado. As militantes feministas aprenderam a partir das suas derrotas. Quando não puderam vender a sua ideologia (...)
29.Mai.19

Direito a ser?

Maria Helena
Publicidade Institucional na RTP3. Acabou de passar! Aguardo pela mesma publicidade no sentido de sensibilizar a sociedade para as deficiências motoras e locomoção de pessoas deficientes na via pública! Isso sim, é necessário! A orientação sexual de cada um não é assunto para a praça pública, é de âmbito pessoal! Mas a luta de classes marxista continua, agora pela sexualidade para um sucesso, ao que parece, iminente! Miguel Macedo   Direito a ser? Ninguém pode ser o que (...)